Aula Inaugural do Projeto ‘Remo sem Fronteiras’ marcou a manhã deste domingo

3 de setembro de 2018

Neste domingo (02/09) ocorreu a aula de inauguração do Projeto ‘Remo Sem Fronteiras’. Com parceria da Associação Remo Salvador, os atletas paraolímpicos no Parque Metropolitano de Pituaçu se reuniram às 8h aproveitaram para conhecer a proposta do Instituto Iris e acompanhar o batizado dos novos barcos. Dentre os participantes, estava Antônio Carlos Juazeiro, vice-campeão de Remo Adaptado Paraolímpico.  

 

Lila Lopes, superintendente do Iris explicou que a parceria busca “estruturar ainda mais o Remo e buscar novos horizontes dentro do projeto”. O grande objetivo de Cláudio era mostrar para o público PcD (Pessoas com Deficiência) que não existe limites para fazer o que gosta. “O esporte é uma janela enorme para quebrar essas barreiras que são socialmente impostas a eles. Por isso, investimos nesse processo de independência”, afirmou Sérgio, parceiro do projeto. O evento ainda contou com a presença da Sanitarista da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia e Professora de Enfermagem da Universidade Católica, Joana Angélica Molesini, e o Coordenador de Articulação Comunitária do Parque Pituaçu, Beto de Bila.

 

Ás 10h, Sérgio seguiu com a equipe do Iris para o Museu de Arte Moderna (MAM), onde aconteceria a outra parte do projeto, com crianças e adolescentes da comunidade e de bairros adjacentes. Na praia da Gamboa, Sérgio e Lila reforçaram a ideia do ‘Remo’ e convidaram as pessoas a apoiarem a causa. Depois da apresentação dos instrumentistas que também fazem parte do grupo, a programação seguiu até às 12h40min.

Confira as fotos: