Projeto social Remo Sem Fronteiras abre novas turmas em Salvador

8 de julho de 2019

A partir do mês de julho, o projeto Remo Sem Fronteiras vai abrir 60 novas vagas para as modalidades de remo olímpico e remo adaptado nos polos da Gamboa de Baixo e Parque de Pituaçu. Ao todo são 30 vagas para cada um dos polos, sendo o perfil de 12 a 17 anos e Pessoas Com Deficiência de 15 a 40 anos.

O projeto que iniciou em 2006, contribui para formação cidadã, intelectual e técnica dos participantes, visando a inclusão social, combate à discriminação e vulnerabilidade dos envolvidos.  Além das aulas de remo olímpico, o projeto também oferece aulas de stand up paddle e canoa havaiana, sendo uma ferramenta importante para a transformação social de crianças, jovens e adultos das comunidades próximas aos polos atendidos. 

O Instituto de Responsabilidade e Investimento Social (IRIS) é responsável pela gestão pedagógica do projeto, tendo como missão promover a formação política e cidadã de indivíduos e organizações para a construção de uma sociedade justa.